29 maio, 2009

Momentos de dúvida...

...e se eu tivesse tomado outra decisão?
...e se eu tivesse dobrado a esquina?
...e se eu tivesse dobrado a página?
...e se eu tivesse dito não?Verificar ortografia
Concentre-se! Sempre que você estiver em dúvida se tomou a melhor decisão ou não, é sinal de que está infeliz com o resultado. Estude suas possibilidades, não repita os erros passados, não potencialize os erros cometidos e não use paleativos. Não perca tempo! Tome as rédeas da sua vida. Tome as decisões, mude, arrisque, escreva outra história. Jogue fora o que não te serve, o que não te ajuda ou o que pesa demais em seus ombros. Isso inclui as pessoas, metaforicamente. Até mesmo seus hábitos ruins atrapalham você. Não desperdice sua preciosa existência carregando peso desnecessário. Não gaste sua energia com o que não vale a pena. Invista em você, em quem precisa e merece, nos projetos que você quer, nas pessoas que te amam. Seja bom e honesto, tenha o coração aberto para as novas possibilidades. Reinvente-se!
Quando começar? Agora!

28 maio, 2009

Transformação

As coisas não mudam, nós é que mudamos. O início de um hábito é como um fio invisível, mas cada vez que o repetimos o ato reforça o fio, acrescenta-lhe outro filamento, até que se torna um enorme cabo e nos prende de forma irremediável, no pensamento e ação. (Orison Swett Marden)

Somos capazes de mudar o mundo, mas não somos capazes de mudar a nós mesmos...

Especial!


Hoje é o dia da minha flor de maio! Parabéns mãe!

21 maio, 2009

Dica de decoração masculina

Homem que é homem não dá dica de decoração, mas nesse caso abre-se uma excessão:

20 maio, 2009

Como dar prazer a uma mulher.

Técnica nº 1: Mãos Molhadas
Faça sua parceira sentar-se em uma cadeira confortável na cozinha. Certifique-se que ela consegue ver muito bem tudo que você faz. Encha a pia da cozinha com água e adicione algumas gotas de detergente para louça com aroma. Segurando uma esponja macia, submerja suas mãos na água e sinta sua pele ser envolvida pelo líquido até que a esponja esteja bem molhada... Agora, movendo-se devagar e gentilmente, pegue um prato sujo do jantar, coloque-o dentro da pia e esfregue a esponja em toda a superfície do prato. Vá esfregando com movimentos circulares até que o prato esteja limpo. Enxague o prato com água limpa e coloque-o para secar. Repita com toda a louça do jantar até que sua parceira esteja gemendo de prazer.

Técnica nº 2: Vibrando pela Sala
É um pouco mais difícil do que a primeira, mas com algum treino você vai fazer com que sua parceira grite de prazer: Cuidadosamente apanhe o aspirador de pó no lugar onde ele fica guardado. Seja gentil, demonstre a ela que você sabe o que está fazendo. Ligue-o na tomada, aperte os botões certos na ordem correta. Vagarosamente vá movendo-se para frente e para trás, para frente e para trás... por todo o carpete da sala. Você saberá quando deve passar para uma nova área. Vá mudando gradativamente de lugar. Repita quantas vezes seja necessário até atingir os resultados.

Técnica n° 3: Camiseta Molhada
Este joguinho é bem fácil, embora você precise de mente rápida e reflexos certeiros. Se você for capaz de administrar corretamente a agitação e a vibração do processo, sua parceira falará de sua perfomance a todas as amigas dela: Você precisará apenas de duas pilhas. Uma pilha com as roupas brancas, e outra pilha com as coloridas. Encha a máquina de lavar com água e vá derramando gentilmente o sabão em pó dentro dela (para deixar a mulher ofegante, use exatamente a quantidade recomendada pelo fabricante). Agora, sensualmente coloque as roupas brancas na máquina... uma de cada vez.... devagar. Feche a tampa e ligue o 'ciclo completo'. Sua companheira vai ficar extasiada. Ao fim do ciclo, retire as roupas da máquina e estenda-as para secar. Repita a operação com as roupas coloridas...

Técnica nº 4: O que sobe, desce
Esta é uma técnica muito rapidinha. Para aqueles momentos em que você quer surpreendê-la com um toque de satisfação e felicidade. Pode ter certeza, ela não vai resistir. Ao ir ao banheiro, levante o assento do vaso. Ao terminar, abaixe novamente. Faça isso todas as vezes. Ela vai precisar de atendimento médico de tanto prazer.

Técnica nº 5: Gratificação Total
Cuidado: colocar em prática esta técnica pode levar sua companheira a um tal estado de sublimação que será difícil depois acalmá-la, podendo causar riscos irreversíveis a saúde da mulher. Esta técnica leva algum tempo para o seu aperfeiçoamento. Empenhe-se com afinco. Experimente sozinho algumas vezes durante a semana e tente surpreendê-la numa sexta-feira à noite. Funciona melhor se ela trabalha fora e chega cansada em casa. Aprenda a fazer uma refeição completa. Seja bom nisso. Quando ela chegar em casa, convença-a a tomar um banho relaxante (de preferência aromático em uma banheira de água morna que você já preparou). Enquanto ela está lá, termine o jantar que você já adiantou antes dela chegar em casa. Após ela estar relaxada pelo banho e saciada pelo jantar, execute a Técnica nº 1.
Preste atenção nela pois o estado de satisfação será extremamente alto, tão alto que poderá causar coma repentino... se você sobreviver...

Recebido por email. Valeu Rejane!

Os Sonhos de um Sonhador

É ou não é o fim do mundo?
“Os Sonhos de um Sonhador – A História de Frank Aguiar”

Como se não bastasse a dupla "Zezé di Camargo e Luciano" lançarem uma videobiografia, agora é a vez do cãozinho dos teclados deixar a sua marca na história do cinema trash. O filme Os Sonhos de Um Sonhador, contará a trajetória do cantor Frank Aguiar, desde sua saída de Itainópolis, no interior do Piauí, até virar um cantor conhecido no país.

De acordo com o Wikipédia:
Frank Aguiar, nome artístico de Francineto Luz de Aguiar é um cantor de forró e político brasileiro.

Pois é meus caros, o Francineto deve ter muita história mesmo para contar. Imaginem, só que maravilha será esse filme! Mostrando como ele venceu na vida dignamente com aquelas músicas horríveis naquele tecladinho fuleiro, assinando seus hits com uivinhos...! Mostrando como ele conseguiu se eleger Deputado Federal (renunciou, mas quem liga?), e atualmente é vice-prefeito de São Bernardo do Campo. Bom se você quiser saber mais da biografia dele, tem no seu site oficial, inclusive disponível para download.

Esse filme é um insulto...ridículo! Estou revoltada.

19 maio, 2009

Tipos de Chefes (e como lidar com eles)

O faz-tudo

Tipinho: É aquele que acha que só ele sabe fazer e odeia quando não cumprem as tarefas como ele.
Método de trabalho: Exige que a sua perfomance seja copiada e não permite que nenhuma ação saia diferente daquela apresentada por ele.
Cuidados: Quando você começa em um emprego novo, ele é excelente para ensinar como o trabalho deve ser feito. Mas depois de um tempo, ele vai podar toda a sua criatividade.
O que fazer: Aqui não tem muita saída. Ou você se transforma em um seguidor nato, ou procura outro emprego.

Irônico

Tipinho: Adora fazer comentários ácidos com os funcionários. E fica ainda mais feliz quando faz isso na frente da equipe inteira. A risadinha junto com a sobrancelha direita levantada é sua principal arma.
Método de trabalho: Faz questão de mostrar sua superioridade através de piadinhas irônicas. “Ah é? Não me diga!” é a sua frase favorita.
Cuidados: Por ser extremamente irritante, você corre o risco de ter surtos homéricos a qualquer instante.
O que fazer: No primeiro comentário atravessado, diga que você não suporta ironias e exija que algumas coisas são melhores quando ditas reservadamente.

Paquerador

Tipinho: Não perde uma oportunidade para dar uma cantada. Torce para que as funcionárias venham com decotes e as pernas de fora. Convitinhos para cerveja são distribuídos aos quatro cantos.
Método de trabalho: subordinadas bonitas geralmente se dão bem.
Cuidados: Esse tipo de chefe tende a ser preconceituoso. Se você engordar uns quilinhos, corre o risco de voltar ao cargo anterior. E, mais grave ainda, de ser vítima de assédio, num constrangedor agarrão dentro do elevador.
O que fazer: Seja firme e enfatize a relação profissional que vocês têm. Não está a fim de sair com ele? Diga claramente! E, claro, fuja das caronas! Se for vítima de assédio, junte suas coisinhas e pule fora do emprego.

Fofinho

Tipinho: Ele é super compreensível e defende seus empregados com unhas e dentes. Quase um pai, morre de medo de dar broncas e chatear os funcionários. O clima do ambiente é sempre de muita felicidade. Mais do que subordinado, quer que vocês sejam grandes amigos.
Método de trabalho: Você decide. O importante é que todos estejam bem. Ele sempre vai entender quando você não puder ir trabalhar, não gostar do serviço ou estiver com problemas em casa. Adora trocar reuniões por conversas fiadas e papo descontraído.
Cuidados: Por não cobrar os subordinados, conviver com ele pode afetar o seu desenvolvimento. Acomodada na situação, você compromete os seus resultados e cai na famosa zona de conforto.
O que fazer: Aproveite que você não corre muitos riscos e exercite as suas ideias e criatividade. Ótimo para começar novos projetos e sugerir mudanças na empresa. Se perceber que está se acomodando, trate logo de dar um "up" na carreira.

Sabotador

Tipinho: Auto-crítico e depressivo. Ele não se acha um bom profissional e contagia a equipe com o seu negativismo. Todos ao redor se sentem um bando de fracassados.
Método de trabalho: Não termina nenhum projeto, não cumpre horários e impede todos os funcionários de fazerem um bom trabalho. Quando tudo parece engrenar, ele sempre dá um jeito de sabotar e afundar o barco.
Cuidados: Motivação passa longe desse tipo de gente. Se você não tiver a auto-estima no teto, pode precisar de algumas sessões de terapia.
O que fazer: Não deixe que a energia negativa dele abale o seu desempenho. E muito cuidado para não morder a isca que ele preparou para ele mesmo. Se nada adiantar, troque de emprego imediatamente.

Paranóico

Tipinho: Acha que todos querem derrubá-lo e tomar o lugar dele. Por ser extremamente ansioso e inseguro, vive sem foco e desconfia de qualquer resultado.
Método de trabalho: Está sempre com um pé atrás e dúvida de tudo o que você entregar pra ele. Uma nova ideia pode soar como uma tentativa sua de mostrar serviço para roubar o cargo.
Cuidados: Ele pode te desanimar a crescer dentro da empresa. Afinal, todo o seu trabalho é sempre colocado em dúvida.
O que fazer: Informe tudo o que você está fazendo. Compartilhar a sua agenda diminui a ansiedade dele e a ideia de conspiração em massa. Seja eficiente e tente mantê-lo ocupado para não pensar que você vai apunhalar as costas dele.

Mas nem tudo é piadinha...!

Dicas de ouro para dobrar o seu chefe:

Christina Osborne, chefe-executiva da Business Solutions na Inglaterra, especialista em estratégias para recursos humanos e autora do livro “Como Lidar Com Seu Chefe” (Publifolha) selecionou alguns pontos super importantes para a internauta conviver em paz com o seu superior:

- Identifique o que seu superior precisa saber e informe-o;
- Distribua seus relatos de acordo com as etapas;
- Se seu chefe prefere ler, faça relatórios;
- Antes de apresentar suas sugestões, organize as ideias;
- Solucione os conflitos com seu chefe antes que se tornem sérios;
- Só apresente um problema quando seu superior puder dedicar atenção.

Crianças criadas pelo pai

Pobrezinhas!

18 maio, 2009

Dica de Site

Tá precisando de ajuda para escrever aquela monografia, aquele texto para o chefe? Anda sem criatividade, com um vocabulário restrito, sem prolixidade? Seus problemas acabaram...

Consultem o gerador de Lero-lero e você vai escrever como um letrado...

http://www.geocities.com/padrelevedo/lerolero/lerolero.html

14 maio, 2009

Máximas de sabedoria

"Se a balança fosse sua amiga, nunca você pisava nela"

Sintomas de Boiolagem

01. Chegar aos 40 anos de idade sem barriga.

Aos 40 anos se você se preocupa com o físico, você é viado! Como diz o ditado: ‘Quem gosta de homem bonito é viado. Mulher gosta de dinheiro’. Você tem mais é que parar de se preocupar com a barriga e tratar do seu bolso porque aquela menina gostosona de 19 anos dá mais importância ao carro importado e o cartão de crédito que você tem, do que aos seus músculos do abdômen.

02. Pedir caipirinha com adoçante.

Você pede caipirinha com adoçante?….Fala sério???!!! Tá de regime? Ou você bebe ou não bebe! Caipirinha é o seguinte: Limão, açúcar, gelo, pinga ou vodka. Se for pra pedir diferente, não chame de caipirinha, diga pro garçom o seguinte: Hoje vou pedir uma bebida de gay, dá pra mim um copo com limão, vodka (ou pinga), gelo e adoçante.

03. Chupar um sorvete.

Verbo ‘chupar’ não deve fazer parte do vocabulário de um homem, um verdadeiro homem quando come sorvete e o faz com dentadas, não com chupadas.

04. Ter como bicho de estimação um gato.

Gato por si só não passa de um cão viado; aquele lance de ficar se lambendo o dia todo e de não tomar banho é nojento. Fora o fato de o gato ter aquelas frescuras: gato faz pipi e popô, Bicho de homem é o cachorro: cachorro ta pouco aí pra tudo, faz o que quer em qualquer lugar, bebe água da privada e até coça o saco. Ter gato em casa é coisa de boiola!

05. Saber o nome de mais de 4 coisas na padaria.

Homem entra na padaria e fala logo o que quer, no máximo quatro itens: normalmente são o pão, o café, o leite e a manteiga. Chegar na padaria pedindo um pote de queijo Filadélfia, 250 gramas de lombo canadense ‘bem fininho, viu?!’, ou então um salame (!!!), é sintoma grave de viadagem explícita.

06. Sair pra dançar.

Que p#rra é essa? Homem sai pra beber, pra zoar, pra pegar mulher. Homem que sai pra dançar não é homem! No máximo, você pode dar uns passos na pista de dança, com a intenção, é claro, de se aproximar da mulher que te chamou a atenção. Homem que sai pra dançar não sei não…

07. Bebidas com nomes exóticos.

Sex on the beach, Dry Martini, Bloody Mary….tudo coisa de viado, gay, boiola! Homem não tem frescura, bebe aquilo que todo mundo conhece: Vodka, Pinga, Whisky, Conhaque. Cerveja muita cerveja! Detalhes em copo de homem são: limão, gelo ou palito, dependendo da bebida. Canudinho e guarda-chuvinha nem pensar. Coisa de viado!

08. Notar como os outros estão vestidos.

Você é daqueles que repara que seu amigo está vestindo a mesma camisa de ontem? Você é viado! Qual a diferença entre seu amigo sair para tomar uma cerveja com uma camisa dessas que não sai por menos de 100 pratas e sair com uma camiseta que ele ganhou de brinde do cartão de crédito? Nenhuma! Se o cara tá ridículo, o problema é dele, ou melhor, sobra mais mulher pra você! Se você dá uma de Clodovil e repara se as roupas de seus amigos combinam… … É GAY!

09. Comer bolo em festa de aniversário.

Só viado faz isso. Homem que é homem enche o prato de salgadinhos, bebe pra c#ralho, vomita. Quem come bolo é mulher, criança e VIADO.

10. Pedir meias porções ou meias doses.

O nome é porção ou dose porque já é calculado, ou seja, um homem come uma porção de gororoba, ou uma dose de birita. Então, quem come meia porção é meio-homem. Pior ainda são aqueles que pedem pratos terminados com ‘inho’. Por exemplo: - Garçom, traz um arrozinho por favor? Isso é muita viadagem.

11. Consolar ex-namoradas de amigos.

A única maneira do verdadeiro homem, fazer isso, é pensando em como levar ela pra cama ou então fazendo com que ela fale algo que possa ser usado pra zoar o seu amigo em questão. Do contrário, vá chorar no ombro da mamãe…

10 maio, 2009

Dia das mães!


Mãe é a prova de que o amor existe...
Guerreiras e heroínas, todos são os seus dias...
Parabéns a todas as mães, e principalmente à minha!