12 dezembro, 2006

Janela de hoje: Edvard Munch

Hoje é o dia do grande Edvard Munch - pintor norueguês que nasceu em 12/12/1863, grande mestre do expressionismo germânico. Suas obras, marcadas por sentimentos de angústia, medo e solidão, são fiéis representantes de sua biografia.
É dele o famoso quadro O grito de 1893.
Se você quiser saber mais:

http://www.edvard-munch.com/index1.htm

http://www.ibiblio.org/wm/paint/auth/munch/

Enjoy!

05 dezembro, 2006

Para ser completo é preciso...

Janelas

Gosto de janelas abertas
Ao abrir a janela a luz invade o ambiente
E me permite ver todos os detalhes
de dentro e de fora de mim...

04 dezembro, 2006

Janela do Dia


O site Giveaway of The Day disponibiliza a cada dia um software shareware gratuitamente. Você pode baixar e instalar uma cópia registrada de graça; mas somente no dia em que você baixou, é claro...!

http://www.giveawayoftheday.com/

Vale a pena dar uma olhada...

Enjoy!

06 novembro, 2006

Como sobreviver a uma mulher com TPM

PERIGOSO: O que tem pro jantar?
SEGURO: Posso te ajudar com o jantar?
SEGURÍSSIMO: Onde você quer ir pra jantar?
ULTRA-SEGURO: Aqui, come esse chocolate.

PERIGOSO: Você vai vestir ISSO?
SEGURO: Nossa, você fica bem de marrom!
SEGURÍSSIMO: Uau! Tá uma gata!
ULTRA-SEGURO: Aqui, come esse chocolate.

PERIGOSO: Tá nervosa por quê?
SEGURO: Será que não estamos exagerando?
SEGURÍSSIMO: Vem, deixa eu te fazer um carinho...
ULTRA-SEGURO: Aqui, come esse chocolate.

PERIGOSO: O que você fez o dia todo?
SEGURO: Espero que você não tenha trabalhado demais hoje.
SEGURÍSSIMO: Adoro quando você usa esse robe!
ULTRA-SEGURO: Come mais um pouco de chocolate.

01 novembro, 2006


Existem pessoas em nossas vidas que nos deixam felizes pelo simples fato de terem cruzado o nosso caminho.
Algumas percorrem ao nosso lado, vendo muitas luas passarem, mas outras vemos apenas entre um passo e outro. A todas elas chamamos de amigo.
Há muitos tipos de amigos.
Talvez cada folha de uma árvore caracterize um deles.
O primeiro que nasce do broto é o amigo pai e o amigo mãe. Mostram o que é ter vida.
Depois vem o amigo irmão, com quem dividimos o nosso espaço para que ele floresça como nós.
Passamos a conhecer toda a família de folhas, a qual respeitamos e desejamos o bem.
Mas o destino nos apresenta outros amigos, os quais não sabíamos que iam cruzar os nossos caminhos. Muitos desses denominamos amigos do peito, do coração.
São sinceros, verdadeiros; sabem quando não estamos bem, sabem o que nos faz felizes...
Às vezes, um desses amigos do peito estala o nosso coração e então é chamado de amigo namorado. Este dá brilho aos nossos olhos, música aos nossos lábios, pulos aos nossos pés.
Mas também há aqueles amigos por um tempo, talvez umas férias ou mesmo um dia ou uma hora. Estes costumam colocar muitos sorrisos na nossa face, durante o tempo que estamos por perto.
Falando em perto, não podemos esquecer dos amigos distantes. Aqueles que ficam nas pontas dos galhos, mas que quando o vento sopra, sempre aparecem novamente entre uma folha e outra.
O tempo passa, o verão se vai, o outono se aproxima, e perdem-se algumas de nossas folhas. Algumas nascem num outro verão e outras permanecem por muitas estações. Mas o que nos deixa mais felizes é que as que caíram continuam por perto, continuam alimentando a nossa raiz com alegria. Lembranças de momentos maravilhosos enquanto cruzavam o nosso caminho.

31 outubro, 2006

Poesia do dia:

The Garden of Love

I went to the Garden of Love,
And saw what I never had seen:
A Chapel was built in the midst,
Where I used to play on the green.
And the gates of this Chapel were shut,
And "Thou shalt not" writ over the door;
So I turned to the Garden of Love,
That so many sweet flowers bore;
And I saw it was filled with graves,
And tombstones where flowers should be;
And Priests in black gowns were walking their rounds,
And binding with briers my joys and desires.

William Blake(1757-1827)

24 outubro, 2006

Frase do dia:

"O que conta, não são os quilates, mas o efeito."
Coco Channel



Acabou a privacidade

You Tube, Orkut, Google Earth, Flogs e Blogs...nossa vida agora é domínio público. Para quem pensava que os paparazzi só ficavam atrás das celebridades vejam a cena abaixo.

Piadinha...

Seu Zé, mineirinho, pensou bem e decidiu que os ferimentos que sofreu num acidente de trânsito eram sérios o suficiente para levar o dono do outro carro ao tribunal.
No tribunal, o advogado do réu começou a inquirir seu Zé:
- O Senhor não disse na hora do acidente "Estou ótimo"?
E seu Zé responde:
- Bão, vô ti contá o que aconteceu. Eu tinha acabado di colocá minha mula favorita na caminhonete...
- Eu não pedi detalhes! - interrompeu o advogado.
- Só responda à pergunta:
- O Senhor não disse na cena do acidente: "Estou ótimo"?
- Bão, eu coloquei a mula na caminhonete e tava descendo a rodovia...
O advogado interrompe novamente e diz:
- Meritíssimo, estou tentando estabelecer os fatos aqui. Na cena do acidente este homem disse ao patrulheiro rodoviário que estava bem. Agora, várias semanas após o acidente ele está tentando processar meu cliente, e isso é uma fraude. Por favor, poderia dizer a ele que simplesmente responda à pergunta.
Mas, a essa altura, o Juiz estava muito interessado na resposta de seu Zé e disse ao advogado:
- Eu gostaria de ouvir o que ele tem a dizer.
Seu Zé agradeceu ao Juiz e prosseguiu:
- Como eu tava dizendo, coloquei a mula na caminhonete e tava descendo a rodovia quando uma picape travessô o sinal vermeio e bateu na minha caminhonete bem du lado. Eu fui lançado fora do carro prum lado da rodovia e a mula foi lançada pro outro lado. Eu tava muito ferido e não podia me movê. Mais eu podia ouvir a mula zurrano e grunhino e, pelo baruio, percebi que o estado dela era muito feio. Em seguida o patrulheiro rodoviário chegou. Ele ouviu a mula gritano e zurrano e foi até onde ela tava. Depois de dá uma oiada nela, ele pegou o revorve e atirou 3 vezes bem no meio dos óio dela. Depois ele travessô a estrada com a arma na mão, oiô para mim e disse:
- "Sua mula estava muito mal e eu tive que atirar nela. Como o senhor está se sentindo?"
- Aí eu pensei bem e falei: ..... Tô ótimo!

19 outubro, 2006

Piada do dia:

Solidariedade Masculina:
Em um supermercado, dois homens se esbarram com seus carrinhos:
-Desculpa, mas é que eu estava meio distraído. Estou procurando aminha mulher e não sei onde ela está.
- Mas que coincidência, eu também estou procurando a minha mulher. A
propósito, como é a sua?
- Ela é morena, têm um corpo de violão, cabelos pretos até a cintura,
com peitos duros empinados para frente e está usando um vestido preto,
meio transparente, com um decote grande na frente. E a sua?
- A minha que se foda, vamos procurar a sua.

04 outubro, 2006

O Quase - Luis Fernando Veríssimo

Ainda pior que a convicção do não é a incerteza do talvez, é a desilusão de um quase.
É o quase que me incomoda, que me entristece, que me mata trazendo tudo que poderia ter sido e não foi.
Quem quase ganhou ainda joga, quem quase passou ainda estuda, quem quase morreu está vivo, quem quase amou não amou.
Basta pensar nas oportunidades que escaparam pelos dedos, nas chances que se perdem por medo, nas idéias que nunca sairão do papel por essa maldita mania de viver no outono.
Pergunto-me, às vezes, o que nos leva a escolher uma vida morna; ou melhor, não me pergunto, contesto.
A resposta eu sei de cor, está estampada na distância e frieza dos sorrisos, na frouxidão dos abraços, na indiferença dos "Bom dia", quase que sussurrados.
Sobra covardia e falta coragem até pra ser feliz.
A paixão queima, o amor enlouquece, o desejo trai.
Talvez esses fossem bons motivos para decidir entre a alegria e a dor, sentir o nada, mas não são.
Se a virtude estivesse mesmo no meio termo, o mar não teria ondas, os dias seriam nublados e o arco-íris em tons de cinza.
O nada não ilumina, não inspira, não aflige nem acalma, apenas amplia o vazio que cada um traz dentro de si.
Não é que fé mova montanhas, nem que todas as estrelas estejam ao alcance, para as coisas que não podem ser mudadas resta-nos somente paciência, porém, preferir a derrota prévia à dúvida da vitória é desperdiçar a oportunidade de merecer.
Pros erros há perdão; pros fracassos, chance; pros amores impossíveis, tempo. De nada adianta cercar um coração vazio ou economizar alma. Um romance cujo fim é instantâneo ou indolor não é romance.
Não deixe que a saudade sufoque, que a rotina acomode, que o medo impeça de tentar.
Desconfie do destino e acredite em você. Gaste mais horas realizando que sonhando, fazendo que planejando, vivendo que esperando porque, embora quem quase morre esteja vivo, quem quase vive já morreu.

02 outubro, 2006











ANTE O ALÉM

A vida não termina
Onde a morte aparece.
Não transformes saudade
Em fel nos que se foram.
Eles seguem contigo,
Conquanto de outra forma.
Dá-lhes amor e paz,
Por muito que padeças.
Eles também te esperam
Procurando amparar-te.
Todos estamos juntos.
Na Presença de Deus.

Espírito: Emmanuel
Médium: Francisco Cândido Xavier

25 setembro, 2006

A lista dos parlamentares acusados

Um site bem propício em período eleitoral.

http://www.congressoemfoco.com.br/Noticia.aspx?id=9443

Veja se seu candidato está nessa lista, e pense se vale a pena votar nele.
Até a próxima!

08 setembro, 2006

Enquanto não superarmos a ânsia do amor sem limites, não poderemos crescer emocionalmente. Enquanto não atravessarmos a dor de nossa própria solidão, continuaremos a nos buscar em outras metades. Para viver a dois, antes, é necessário ser único.

Fernando Pessoa.

29 agosto, 2006

Angel

Tá aí uma das músicas mais belas que eu já ouvi...

para baixar clique:
http://rapidshare.de/files/31227072/06_-_Sarah_McLachlan_-_Angel.mp3.html

Sarah Mclachlan - Angel

Spend all your time waiting
for that second chance
for a break that would make it okay
there's always some reason
to feel not good enough
and it's hard at the end of the day
I need some distraction
oh beautiful release
memories seep from my veins
let me be empty
oh and weightless and maybe
I'll find some peace tonight

In the arms of the angel
fly away from here
from this dark cold hotel room
and the endlessness that you fear
you are pulled from the wreckage
of your silent reverie
you're in the arms of the angel
may you find some comfort here

So tired of the straight line
and everywhere you turn
there's vultures and thieves at your back
and the storm keeps on twisting
you keep on building the lines
that you make up for all that you lack
it doesn't make no difference
escaping one last time
it's easier to believe in this sweet madness oh
this glorious sadness that brings me to my knees

In the arms of the angel
fly away from here
from this dark cold hotel room
and the endlessness that you fear
you are pulled from the wreckage
of your silent reverie
you're in the arms of the angel
may you find some comfort here
you're in the arms of the angel
may you find some comfort here

15 agosto, 2006

Analistas de Sistemas...Como solucionar um problema...

O Meu Olhar - Alberto Caeiro

O meu olhar é nítido como um girassol.
Tenho o costume de andar pelas estradas
Olhando para a direita e para a esquerda,
E, de vez em quando, olhando para trás...
E o que vejo a cada momento
É aquilo que nunca antes eu tinha visto,
E eu sei dar por isso muito bem...
Sei ter o pasmo essencial
Que tem uma criança se, ao nascer,
Reparasse que nascera deveras...
Sinto-me nascido a cada momento
Para a eterna novidade do Mundo...
Creio no mundo como num malmequer,
Porque o vejo. Mas não penso nele
Porque pensar é não compreender...
O Mundo não se fez para pensarmos nele
(Pensar é estar doente dos olhos)
Mas para olharmos para ele e estarmos de acordo...
Eu não tenho filosofia: tenho sentidos...
Se falo na Natureza não é porque saiba o que ela é,
Mas porque a amo, e amo-a por isso,
Porque quem ama nunca sabe o que ama
Nem sabe porque ama, nem o que é amar...
Amar é a eterna inocência,
E a única inocência não pensar...

Rapaz solteiro procura...


Gente do céu..! Que rapaz prendado..!

09 agosto, 2006


Excelente faixa..!
Encontrei em http://www.luizhenrique.com
Um site muito maneiro...vale a pena dar uma olhada...

28 julho, 2006


Se você, assim como eu fica p... da vida com:

Os nossos governantes, que só f..a gente;
A televisão, que acha que todos somos idiotas manipuláveis;
O George Bush, que acha que manda no Mundo (na verdade ele acredita muito nisso);
Os idiotas que povoam as mais diversas áreas da política, da economia, da magistratura, do comércio...e acham que são grande coisa;
As pessoas que por receberem algum auxílio miséria, acreditam que devem reeleger nosso muito deficiente representante;
Com as taxas de juros, impostos, criminalidade, impunidade, corrupção, ....

E fica pensando no que pode fazer para mudar isso, lembra-se do que disse Chico Xavier "Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo,qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim."

Vamos nos unir contra esses idiotas...!
Vamos lutar pelos nossos direitos e parar de ficar achando graça de tudo...!
Vamos eleger representantes que pelo menos nos representem de forma decente, vamos começar de algum lugar...

24 julho, 2006


Quer pouco: terás tudo.
Quer nada: serás livre.
O mesmo amor que tenham
Por nós, quer-nos, oprime-nos.
Não só quem nos odeia ou nos inveja
Nos limita e oprime; quem nos ama
Não menos nos limita.
Que os deuses me concedam que, despido
De afetos, tenha a fria liberdade
Dos píncaros sem nada.
Quem quer pouco, tem tudo : quem quer nada
É livre; quem não tem, e não deseja,
Homem, é igual aos deuses.

Ricardo Reis

21 julho, 2006

Se para bom entendedor meia palavra basta e uma imagem vale mais que mil palavras, então...

Sexta-feira!!!!!!!!!

...não é tão simples quanto eu pensei...

Putz...html está me dando uma surra! Essa é a melhor forma que eu consegui para esse blog (e olha que ele já vem "pronto" a gente só edita...)

Parafrasenado nosso amiguinho Murphy:

"Se alguma coisa pode dar errado, dará. E mais, dará errado da pior maneira, no pior momento e de modo que cause o maior dano possível."
Por isso que nada, absolutamente nada fica no lugar que eu quero nessa bosta!

20 julho, 2006

Dia do Amigo

Amigo, Quando você estiver triste, eu vou te deixar bêbado e te ajudar a planejar uma vingança contra o pobre filho-da-puta que te deixou assim.

Quando você me olhar com desespero, eu vou enfiar o dedo na sua goela e te fazer pôr pra fora o que estiver te engasgando.

Quando você sorrir, eu vou saber que você finalmente deu uns "pega".

Quando você sentir medo, eu vou te chamar de viadinho e tirar uma "onda" da sua cara sempre que tiver chance.

Quando você estiver preocupado, eu vou contar histórias horríveis sobre o quão pior você poderia estar e te mandar parar de choramingar.

Quando você estiver confuso, eu vou explicar pra você com palavras bem simples porque eu sei o quanto você é burro.

Quando você estiver doente, fique bem longe de mim até se curar. Eu é que não quero pegar o que quer que voc tenha.

Quando você cair, eu vou apontar pra você e me cagar de rir do seu desengonço.

Esta é minha jura, eu garanto, até o fim. Você me pergunta, "Por Quê?"

Porque você é meu amigo!

Parabéns a todos os amigos...

19 julho, 2006

Não basta abrir a janela
Para ver os campos e o rio.
Não é bastante não ser cego
Para ver as árvores e as flores.
É preciso também não ter filosofia nenhuma.
Com filosofia não há árvores: há ideias apenas.
Há só cada um de nós, como uma cave.
Há só uma janela fechada, e todo o mundo lá fora;
E um sonho do que se poderia ver se a janela se abrisse,
Que nunca é o que se vê quando se abre a janela.
...
Alberto Caeiro (trecho)

Dica de Software - Picasa

Olha só que legal essa imagem...ela foi criada pelo Picasa; (tem um link pra baixar ele aí em baixo..software de imagens do Google) é um programa fácil de mexer e tem um monte de opções para incrementar suas fotitas, e o melhor, é grátis...! Aproveitem...

18 julho, 2006

Morro de São Paulo

Morro de São paulo é uma vila localizada na ilha de Tinharê no litoral da Bahia. É um lugar que abriga em si várias viagens. Ao mesmo tempo que nos conduz em seus monumentos históricos ao período de nossa colonização, nos remete à realidade cosmopolita com suas boates, "raves" e visitantes estrangeiros que lotam o lugar. Embora todas essas "viagens" sejam muito particulares, Morro de São Paulo certamente é um banquete aos olhos. O lugar tem uma estrutura invejável e certamente possui atrativos para cada estilo de visitante. Vale a pena conhecer.

17 julho, 2006


Aproveite bem o dia, mas lembre-se da noite, pois ela chega.

Assim como um fractal, nenhum por do sol é igual ao outro. O olhar muda tudo.